Primeiro de tudo, porque sua empresa realmente precisaria criar um site na internet? De fato, existiam dezenas de razões para alguém criar um site até o início dos anos 2000, mas hoje, existem poucos bons motivos para gastar dinheiro, tempo e paciência para criar sua própria página na internet.

Meu primeiro conselho é: Seu sobrinho de 13 anos pode saber mais sobre o futuro da internet do que a maioria dos especialistas em web de 30 anos de idade. Mas não, ele provavelmente não poderá criar uma ótima página na internet para sua empresa.

A internet tem poucas décadas de vida, mas é reinventada a cada poucos anos porque pessoas mudam suas necessidades: crianças chegam a internet, mães entram em redes sociais para compartilhar fotos de seus filhos, adolescentes fogem das mães nas redes sociais para chats pelo celular e este é um ciclo que nunca terá fim, pois nenhuma ferramenta será suficiente para pessoas que sempre querem mais e mais, e quanto mais jovem a pessoa mais adaptada ela está a essa nova versão da internet.

Para mim, mais um especialista em web de 30 anos de idade, muitas vezes, criar um website é uma corrida medíocre. Hoje, empresas pagam “agências de internet” para comprar um tema WordPress, vendido para milhares de outras empresas no mundo, fazer algumas modificações nas cores, trocar o logo, adicionar um monte de conteúdo desnecessário e imagens de pessoas sorrindo compradas em banco de imagens, somente para dizer “Estamos na Avenida Beira Mar e ficamos abertos das 8 às 18 horas”. Mas, espera um pouco, não é para isso que existe o Foursquare e o Google Maps?

Motivo 1 – Empresas precisam mostrar seu endereço e horário de atendimento para o mundo. Facebook, Foursquare, Google Maps e um punhado de catálogos online fazem isso de graça, além de oferecer ao seu cliente uma maneira de compartilhar sua experiência na sua empresa. E o melhor, os próprios clientes criam seu perfil! Isso quer dizer que você é refém dos clientes na internet? Não, quer dizer que você só precisa fazer um bom trabalho e dar um pouco de atenção para as redes sociais.

Motivo 2 – Algumas empresas precisam mostrar que são divertidas ou que lançaram um novo produto, e é para isso que existem o Instagram e o Pinterest. Eles ajudam a ganhar seguidores para empresa, inserir imagens rapidamente e apresentar de forma sucinta o seu produto, sem precisar gastar com um site profissional e uma galeria de imagens que você manterá desatualizada.

Motivo 3 – E sobre falar com o cliente? Redes sociais como Facebook estão aí para isso. Você pode receber avaliações em tempo real da sua empresa ou produto, e ainda criar uma página completa com informações da empresa, fotos e atualizações. Porque criar uma página na internet para seu domínio .com.br se você pode simplesmente redirecionar para seu Facebook e ter uma dezena de ferramentas para administrar sua presença na internet de graça.

Motivo 4 – Lojas precisam vender na internet, mas não precisam de uma loja virtual própria para isso. Lojas virtuais próprias não são tão fáceis de administrar, custam caro e, se não for dada a devida atenção, não trazem lucro algum. MercadoLivre, Elo e Iluria permitem uma pequena loja oferecer seus produtos físicos na internet com investimento mínimo e, se suas vendas decolarem, talvez seja bom investir em site próprio para concorrer com os grandes. Existe uma grande lacuna entre ser um Submarino e ser um negócio local. É importante oferecer seu produto para o cliente final, mas uma página estática na internet ou uma loja virtual jogada às traças não ajudará nisso.

Motivo 5 – A tele-entrega já chegou a internet há tempos, mas será que restaurantes e lanchonetes precisam precisam mesmo de um website só para oferecer seu cardápio? iFood e PedidosJá estão crescendo quase exponencialmente no Brasil, em troca de uma porcentagem eles oferecem seu produto para uma enorme base de clientes através do site ou smartphone, divulgando seu cardápio, preços e viabilizando a compra.

Claro que algumas empresas ainda precisam de website, mas prefira colocar sua energia onde seu cliente já está ao invés de criar um novo lugar para ele visitar, assim, pode ser mais lucrativo usar o orçamento da criação de site para contratar uma agência especializada em gerenciar sua presença online. Uma empresa em uma rede social com um texto bem feito, fotos bem trabalhadas e promoções no momento certo, tem maior credibilidade no mercado, tem uma rede de anúncio rápida e barata, mantém o cliente informado e atinge um público amplo e diversificado.

Anúncios